O que significa o aumento da taxa Selic para 14,25%?

1
407

Na reunião mais demorada do ano, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central definiu o aumento da taxa Selic (Sistema Especial de Liquidação e de Custódia) em 50 pontos percentuais, elevando-a de 13,75% ao ano para 14,25%. Segundo o anúncio, e o que é previsto pelo mercado, este deve ser o último aumento até o primeiro trimestre do ano que vem. Mas o que isso significa para você? Explico.

As duas taxas de juros mais baixas no Brasil são a TJLP, que é a Taxa de Juros de Longo Prazo, normalmente usada nos empréstimos feitos pelo BNDES e que atualmente é de 6% ao ano, e a Selic, que é utilizada para orientar a operação entre bancos e a economia brasileira. Sendo assim, o aumento da taxa Selic tem impacto direto na vida do consumidor.

Com o aumento da Selic, aumenta o custo no crédito, pois fica mais caro para o banco emprestar dinheiro. Se o crédito está alto, naturalmente utilizar o parcelamento do cartão de crédito (e seus juros altos) também fica mais caro, o que acaba fazendo com que o consumidor consuma menos, o que ajuda a esfriar ainda mais a economia. Sendo assim, uma taxa Selic alta desestimula o consumo, o que ajuda a abaixar a taxa de inflação.

Além disso, a taxa Selic alta ajuda a diminuir o valor do dólar no país, pois os investidores estrangeiros fazem suas operações todas atreladas à taxa de juros. Ou seja, com uma Selic alta, temos uma taxa de juros maior, o que faz render mais o dinheiro aplicado, e isso faz com que o pessoal com grana nos outros países mande seus dólares renderem aqui no Brasil. Com mais dólares entrando do que saindo, o câmbio naturalmente cai.

A taxa atual de 14,25% é alta? Sim, mas se olharmos um histórico dos últimos 20 anos, ela chega a parecer irrisória, embora não seja. Para terem uma ideia, em 05 de março de 1999 a Selic chegou a 45% ao ano, e quando o presidente Lula assumiu, ela estava em 19,00% ao ano. O aumento de ontem trouxe a Selic de volta ao patamar de 31 de agosto de 2006.

É importante dizer que o aumento da Selic também torna o investimento em poupança mais vantajoso, afinal a taxa de rendimento da caderneta é fixado em 70% da Selic mais a TR, que é a Taxa Referencial, atualmente avaliada em 0,23%.

Resumindo: Aumentar a Selic é uma medida imediatista e que já era esperada pelo mercado, embora em menor valor. Se você tem um dinheirinho sobrando, talvez pensar na poupança pode parecer interessante. Por outro lado, o crescimento da Selic vai fazer com que as pessoas gastem menos, o que vai desaquecer o comércio ainda mais e aumentar o desemprego, e é assim que você deve se sentir ao ler esta notícia:

1 COMENTÁRIO

  1. […] Além disso, a taxa Selic alta ajuda a diminuir o valor do dólar no país, pois os investidores estrangeiros fazem suas operações todas atreladas à taxa de juros. Ou seja, com uma Selic alta, temos uma taxa de juros maior, o que faz render mais o dinheiro aplicado, e isso faz com que o pessoal com grana nos outros países mande seus dólares renderem aqui no Brasil. Com mais dólares entrando do que saindo, o câmbio naturalmente cai. (Leia a íntegra aqui). […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here