Desemprego em junho sobe e chega a 6,9%

0
16

O IBGE divulgou a taxa de desemprego para o mês de junho, que ficou em 6,9%. Embora este numero possa parecer baixo, é importante levar em consideração essa é a taxa de desemprego mais alta para o mês de junho desde 2010.

Quer ficar um pouco mais preocupado? Enquanto normalmente o desemprego oscila ao longo dos meses, subindo e descendo de acordo com a época do ano, a desocupação no Brasil só subiu no decorrer de 2015. Somente como comparação, em dezembro do ano passado o desemprego estava na casa dos 4,5% e em junho esse número era em torno de 5%. Ou seja, um aumento de 2% em apenas um ano. Isso é muito.

O desemprego crescente é um reflexo de uma série de fatores, como o esfriamento da economia, a retração no setor de serviços (comércio, por exemplo) e também na industria, além de um descrédito geral por parte dos empresários, que não tem mais fôlego para se endividar e tentar manter a produção.

Resumindo: O desemprego está alto, crescendo e não deve parar por ai. Pode se preparar que mais gente vai procurar o seguro desemprego, e é assim que você deve se sentir ao ler este texto:

 

mm

O Econoleigo é um site sem “economês”, para aqueles que não conhecem essa língua. É por mim, Rodrigo Teixeira, alguém até então pouco interessado em números, mas agora fascinado em transformar economia em algo que até eu mesmo consiga compreender.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here