Cadê o dinheiro? Déficit na conta corrente aumenta

1
240

Se não considerarmos o milagre que é o cheque especial, o dinheiro é uma coisa muito simples, é quase igual respeito: ou você tem, ou você não tem. Depois que inventaram o limite na conta, ou o chamado cheque especial, existe uma nova categoria: você tem dinheiro, você não tem dinheiro e quando você estoura o crédito, ai você realmente não tem dinheiro.

Com um país acontece a mesma coisa que com uma empresa. Se você vende mais do que compra, sobra dinheiro na conta. Se acontece o inverso, ai ele vira devedor. Sendo assim, quando um país esta em déficit em conta corrente significa que tanto o governo quanto suas empresas e cidadãos importaram mais mercadorias, serviços e dinheiro (através de empréstimos) do que exportaram, o que gera um saldo vermelho na balança.

Voltando ao dia de hoje. O Banco Central divulgou um relatório que indica um déficit na conta corrente brasileira no valor de 38 bilhões de dólares somente no primeiro semestre deste ano. Isso pode parecer uma má notícia, e é, mas se levarmos em consideração que no primeiro semestre do ano passado o saldo negativo foi de US$ 49,97 bilhões, percebemos que a situação está cinza escuro, mas não preta.

A situação amenizou pois a balança comercial, que é a diferença entre tudo o que foi exportado e importado pelo Brasil, registrou um saldo positivo de US$ 4,40 bilhões, fruto de um ótimo resultado no setor da soja e petrolífero.

Mas o que esperar daqui para frente? Com o agronegócio exportando muito bem, ainda mais com a abertura de novos mercados como a Rússia, Estados Unidos e Japão, estimamos um mês de julho ainda devendo, mas menos do que no ano passado. O saldo deste mês deve ficar em US$ 6 bilhões no vermelho, contra quase US$ 10 bilhões em julho do ano passado.

Resumindo: a situação da economia brasileira não é boa, mas podia ser pior, e é assim que você deve se sentir com isso:

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here